Brazil Machinery Solutions

WEG marca presença em 12 países e inaugura fábrica na China




11 - dezembro - 2019

É a quarta fábrica da empresa no maior país da Ásia Oriental.
A unidade é voltada para a produção de equipamentos de automação industrial

A WEG nasceu das habilidades de um eletricista, de um administrador, de um mecânico e a vontade em comum dos três profissionais em montar o próprio negócio, na década de 60. Hoje, a fabricante possui operações industriais em 12 mercados e presença comercial em mais de 135 países. Conheça a história da empresa membro do Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), que participa de feiras, missões comerciais e utiliza estudos de mercado para expandir e internacionalizar seus produtos. 

A produção inicial da WEG começou com motores elétricos. A partir da década de 80, a fabricante deu início ao desenvolvimento e produção de componentes eletroeletrônicos, produtos para automação industrial, transformadores de força e distribuição, tintas líquidas e em pó e vernizes eletroisolantes. A empresa se consolidou não só como fabricante de motores, mas como fornecedora de sistemas elétricos industriais completos.

O processo de internacionalização da WEG começou na década de 70, quando a empresa passou a exportar por meio de oportunidades pontuais. Na década de 80, iniciou o estabelecimento de uma rede de distribuidores para, posteriormente, na década de 90, estabelecer sua própria estrutura de vendas nos principais mercados.

Em 2018, a WEG teve um faturamento de R$ 11,9 bilhões. A empresa possui operações industriais em 11 países, além do Brasil: Argentina, Colômbia, México, Estados Unidos, Áustria, Espanha, Portugal, Alemanha, China, Índia e África do Sul. No Brasil, a companhia tem fábricas em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Espírito Santo, Amazonas e Pernambuco.  

O ano de 2019 foi um ano promissor para a WEG. A empresa abriu escritórios de representação na Argélia e Tailândia, e uma nova filial no Cazaquistão. O objetivo da fabricante é continuar apostando nas grandes tendências relacionadas a energias renováveis, eficiência energética, geração de energia por meio da queima do lixo, mobilidade elétrica e Indústria 4.0. 

Operação na China

Ainda em 2019, a WEG inaugurou sua quarta fábrica na China. A unidade é voltada para a produção de equipamentos de automação industrial. “Além de ampliar o portfólio de produtos da WEG na China, essa nova fábrica vai fortalecer a posição da Companhia em um dos maiores mercados mundiais de equipamentos elétricos”, ressalta o diretor corporativo internacional da WEG, Gustavo Iensen.

A presença da WEG na China começou em 2004, com a produção de motores elétricos trifásicos de baixa e alta tensão em Nantong. Dez anos depois, a companhia expandiu sua presença no país, com a  aquisição de duas fábricas em Changzhou, para a produção de motores elétricos e componentes. Ao todo, a companhia emprega 2.242 pessoas no país.

Gustavo explica o porquê da escolha pela China como um dos principais destinos de operação da WEG:  “Nosso crescimento tem sido pela própria resposta do mercado. A China é um mercado gigante e promissor. A competitividade e logística têm sido fatores determinantes para o aumento das nossas vendas na Ásia”.