Brazil Machinery Solutions

Brazil Machinery Solutions celebra 20 anos de história




15 - setembro - 2020

O Programa promoveu mais de 550 ações de fomento às exportações do setor de máquinas e equipamentos

m 2020, o Programa Brazil Machinery Solutions (BMS) comemora 20 anos de existência. São duas décadas trabalhando para promover as exportações brasileiras de máquinas e equipamentos. Além disso, o Programa trabalhou para fortalecer a imagem do país como fabricante de qualidade de bens de capital mecânico com alta capacidade tecnológica e de  inovação, compatíveis com as exigências do mercado mundial.

O BMS resulta da parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ). O Programa atende empresas de diversos segmentos do setor de máquinas equipamentos: agropecuário, óleo e gás, metal mecânico, mineração, plástico e embalagem, saneamento básico e têxtil.

Nestes anos de atuação, o Brazil Machinery Solutions apoiou suas empresas membros em cerca de 565 ações. Foram 185 participações em feiras internacionais, mais de 180  seminários e cursos, além de 75 missões empresariais e prospectivas. Em 2019, as empresas participantes do Programa BMS registraram exportações para 168 países.

A ABIMAQ possui cerca de 1500 associadas, das quais mais da metade exportam seus produtos. “Lá no início do Programa, contávamos com 15% das associadas da ABIMAQ participando do mercado internacional. Ter, após 20 anos, mais do que triplicado esse número vem de encontro ao empenho contínuo no apoio às empresas participantes para ampliar a competitividade do setor de máquinas e equipamentos brasileiro no mercado internacional”, comenta Patrícia Gomes, diretora da divisão de mercado externo da ABIMAQ e gerente executiva do Programa.

A indústria de máquinas e equipamentos é um dos principais setores de bens manufaturados no Brasil. Só em 2018, exportou US$ 10,3 bilhões, tendo como principais destinos os Estados Unidos e a Europa, que absorveram 50% dos produtos comercializados para o mercado externo.

Neste cenário encontra-se a Ergomat, fabricante de tornos CNC e participante do BMS desde o início das atividades do Programa. A empresa tem o continente europeu como principal destino de seus produtos.

“Exportamos cerca de 40% dos equipamentos que fabricamos. As feiras internacionais são importantes para o contato com nossos cliente, sobretudo na Alemanha”, comenta Tadeu Marcelino, responsável por vendas comerciais na empresa.

Para Edson Favato, gerente de exportações da A. Carnevalli, fabricante de equipamentos para a indústria do plástico, o BMS tem contribuído para a contato da empresa com o mercado externo: “O apoio realizado pelo Programa, em parceria com a Apex-Brasil, para  a participação em feiras internacionais traz resultados muito positivos na relação com o comprador estrangeiro. Temos um bom histórico de negócios fechados com países latino-americanos”, explica. A fabricante, assim como a Ergomat, participa do Programa desde o seus primórdios. 

Os próximos 20 anos

O foco do Brazil Machinery Solutions para os próximos anos é totalmente direcionado em identificar os desafios que a indústria de máquinas e equipamentos encontra no processo de atuação internacional. Com isso, a ABIMAQ espera auxiliar as empresas a melhorar a inserção de seus produtos em outros mercados, além de diversificar a pauta exportadora. “Nós queremos encontrar os gargalos que o setor tem na sua atuação no exterior. Com isso, podemos planejar de forma mais estratégica e efetiva as ações que serão apoiadas no próximo convênio”, acrescenta Patrícia. 

“O nosso trabalho é estimular a cultura exportadora e fazer com que as empresas tenham claro que exportar é uma estratégia a ser desenvolvida. Na Diretoria de Mercado Externo nós visamos a internacionalização das fabricantes, para que a nossa indústria esteja fortalecida, independente do cenário econômico do país”, comenta José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ. 

Para Velloso, o Brazil Machinery Solutions é peça-chave na promoção das exportações pelas empresas membros dos setores atendidos. “Temos vários associados que afirmam que um dos poucos recursos tributados no Brasil que retornam é o dinheiro que vai para a Apex-Brasil”.