Brazil Machinery Solutions

BMS define países prioritários para direcionar ações até 2022




05 - março - 2020

Os mercados selecionados são fruto de um trabalho em conjunto das empresas do Programa, da Apex-Brasil e da ABIMAQ

Mais um importante passo foi dado em direção à renovação do Projeto Setorial 2020-2022 entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ). Estão definidos os países prioritários e secundários para onde as ações do próximo biênio serão planejadas e organizadas pelo Brazil Machinery Solutions.

As ações como feiras internacionais, projetos comprador e imagem, missões internacionais, ou, ainda, o desenvolvimento de estudos para identificar as oportunidades para o setor no mercado internacional são agora direcionadas para os novos países. Os mercados-alvo prioritários são: Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México, Paraguai e Peru.

Já os secundários são: África do Sul, Alemanha, Angola, Bolívia, Equador, Moçambique, Nigéria, Panamá e Rússia. Esses países, embora eleitos como secundários, ainda assim representam importante papel no cenário das exportações de máquinas e equipamentos e são mercados a serem explorados.

A definição dos mercados-alvo faz parte do planejamento estratégico do Programa, quando são realizadas análises, organização e metas para os próximos anos. Essa etapa visa direcionar as ações de promoção comercial do setor de máquinas e equipamentos, com o foco principal em exportação.

“É partindo desse ponto que vamos estruturar todas as propostas do próximo biênio. Por isso, a definição dos mercados-alvo é tão relevante para o planejamento estratégico do Brazil Machinery Solutions. A partir desse levantamento, vamos direcionar as forças de atuação do Programa no mercado internacional”, explica a Diretora Executiva de Mercado Externo da ABIMAQ e Gerente do BMS, Patrícia Gomes.

Processo

A definição dos países prioritários passou por um processo de pesquisa com as empresas participantes do Programa e a análise estratégica da Apex-Brasil e da ABIMAQ. Durante o último trimestre de 2019, as fabricantes do BMS passaram por uma etapa chamada de qualitativa, quando responderam a um questionário e sinalizaram seus mercados-alvo de interesse. A equipe de inteligência de mercado da Agência realizou uma pesquisa quantitativa, que apura, por exemplo, números de crescimento e dados de importação e exportação de cada país apontado pelas empresas.

No final de novembro, uma série de reuniões colocou frente a frente representantes das empresas e o time de Inteligência Comercial da Apex-Brasil e da ABIMAQ. Esses encontros estreitaram as escolhas pelos países e alinharam os ideais de exportação das fabricantes que participam do BMS. Eles tiveram a oportunidade de expor a visão de mercado e quais países julgam ser mais interessante para a exportação de cada setor.

Alavancar as exportações 

A definição dos mercados-alvo é parte importante do planejamento estratégico que vem sendo realizado pela ABIMAQ. O foco do Brazil Machinery Solutions para os próximos anos é totalmente direcionado para identificar os desafios que a indústria de máquinas e equipamentos encontra no processo de atuação internacional. Portanto, a ABIMAQ trabalha na elaboração do mapeamento dessas dificuldades para melhorar a inserção das máquinas e equipamentos brasileiros  no mercado internacional. “Nós queremos encontrar os gargalos que o setor tem na sua atuação no exterior. Com isso, podemos planejar de forma mais estratégica e efetiva as ações que serão apoiadas no próximo convênio”, ressalta Patrícia.