f

Em 2019, qualifique sua empresa para o mercado internacional por meio do PEIEX

Em 2019, qualifique sua empresa para o mercado internacional por meio do PEIEX
21 - Fevereiro - 2019

Exportar requer planejamento, estratégia, visão, competitividade e conhecimento dos mercados que se quer atingir, entre outras aptidões de sua empresa. Se você nunca exportou, mas essa é sua meta em 2019 e tem dúvidas sobre como se inserir no mercado internacional, deve buscar o Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX), oferecido pela Apex-Brasil, para que possa atingir o mercado externo de maneira segura e planejada.

Criado em 2009, o PEIEX é implementado em todas regiões do país, por meio de instituições de ensino (Universidades, Parques Tecnológicos ou Fundações de Amparo à Pesquisa) ou Federações de Indústria. São mais de 30 parcerias, por meio das quais o Programa traz profissionais especialistas em comércio exterior para orientar os empresários nos caminhos mais adequados para o mercado externo. 

No setor da indústria de máquinas e equipamentos, o PEIEX é viabilizado pelo Programa Brazil Machinery Solutions, desde 2014. Para a sua operacionalização, o BMS conta com parcerias firmadas com a Fundação Vanzolini e Agência Paulista de Investimentos e Competitividade (Invest SP). Dados revelam que 70% das empresas do setor que participaram do PEIEX junto com o Programa BMS já realizaram alguma atividade de exportação, sendo que mais de 100 empresas já foram atendidas pelo Programa. Só em 2018, foram 25 empresas do setor, em fases de atendimento, aguardando o seu diagnóstico e com sua qualificação encerrada.

“A participação no PEIEX é um importante passo para a internacionalização das empresas, de maneira qualificada e planejada. Assim como fazer parte de um Projeto Setorial, como o Brazil Machinery Solutions, também, já que os Programas são complementares, uma vez que todo know howadquirido pelo Programa de Qualificação pode ser colocado em prática, na medida em que o BMS aproxima a empresa de parceiros estratégicos por meio de ações de promoção comercial e de defesa de interesses”, destaca a diretora de mercado externo da ABIMAQ e gerente do Programa BMS, Patrícia Gomes.

O atendimento é bastante simples e feito com base em visitas realizadas às empresas: a primeira visita tem o objetivo de medir o potencial exportador; no segundo encontro o técnico do PEIEX faz um diagnóstico do negócio para identificar o nível de prontidão da empresa para a exportação. E aí, com base nas informações levantadas, é elaborado um plano de trabalho com a implantação de requisitos necessários à exportação. 

A empresa não precisa pagar pelo atendimento, mas deve estar disposta a dedicar tempo e investimento próprio para completar o processo. Ao final do atendimento, que dura aproximadamente 38 horas, ela recebe um plano de exportação para orientar a sua inserção internacional.

Para participar do Programa, o interessado deve solicitar uma visita da equipe técnica do PEIEX mais próximo (veja no link abaixo a lista dos Núcleos com os respectivos contatos), quando então  será disponibilizada uma ficha de inscrição. O empresário deve estar disponível para verificações de procedimentos e para entrevistas com os técnicos extensionistas do PEIEX. Também é fundamental a sua participação nos encontros de capacitação para melhoria de gestão de processos e produtos. O trabalho do técnico extensionista não gera ônus financeiro para a empresa.

Para mais informações, bem como contatos dos Núcleos disponíveis para a sua empresa, acesse: http://www.apexbrasil.com.br/qualifique-sua-empresa-peiex.