f

Apex-Brasil lança PEIEX em Belo Horizonte

ABIMAQ participa do lançamento e apresenta a experiência do setor no Programa de Qualificação para Exportação

Apex-Brasil lança PEIEX em Belo Horizonte
30 - Agosto - 2018

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) lançou, no último dia 9, um núcleo do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX)  em Belo Horizonte (MG), que contará com a parceria de Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). De acordo com a Agência, o núcleo atenderá, ao longo dos próximos dois anos, cerca de 273 empresas, capacitando-as para que comecem a comercializar seus produtos no mercado internacional.

A representante da Divisão de Mercado Externo da ABIMAQ, Tábata Silva, participou da cerimônia de lançamento, compartilhando com todos a experiência do setor de máquinas e equipamentos, cuja atuação no PEIEX vem desde 2014 e é operacionalizada pelo Programa Brazil Machinery Solutions. Nesse período, o Programa BMS fez o atendimento completo a 103 empresas em diferentes regiões.

“O PEIEX vem preparando as empresas do setor para o comércio internacional, por meio de atendimentos individuais e pelo qual buscamos o desenvolvimento de competências para que elas se tornem mais competitivas e exportadoras” destaca a diretora de mercado externo  da ABIMAQ e gerente do Programa BMS, Patrícia Gomes. “Essa atuação revela que 70% das fabricantes de máquinas e equipamentos atendidas pelo Programa já realizaram alguma atividade exportadora e estão aptas para enfrentar a competitividade do mercado externo”, ressalta a diretora.

Para a sua operacionalização, o PEIEX conta com convênio com instituições de ensino ou de pesquisa que atuam em parceria com núcleo em todo o país. De acordo com dados da Apex-Brasil, atualmente são 41 núcleos, localizados em Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. As expectativas da Apex-Brasil para o biênio 2017/2018 é de atingir a meta de atendimento nacional de aproximadamente 2.000 empresas.