Brazil Machinery Solutions

ABIMAQ e Apex-Brasil promovem a primeira Rodada Internacional de Negócios Online




03 - fevereiro - 2021

A ação atenderá empresas do setor de máquinas e equipamentos para agropecuária

Durante o mês de março de 2021, nove empresas brasileiras fabricantes de máquinas e equipamentos para o setor agropecuário (Baldan, Eurolatte, Himev, Jan, Inroda, Zaccaria, Jacto, Tatu Marchesan e Stara) participarão de uma intensa agenda de reuniões de negócios com compradores da Rússia e países da Comunidade dos Estados Independentes (CEI). Essa é a primeira ação organizada pelo escritório da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos) em Moscou em parceria com a ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) que acontecerá totalmente de forma online. As ações virtuais têm sido uma alternativa para suprir a ausência de interação com os clientes, uma vez que ainda não há uma orientação definitiva quanto a retomada dos eventos presenciais. 

A Rússia é o maior país em termos de área total, se estendendo a partir do Leste Europeu por todo o Norte Asiático. Tem as fronteiras mais longas do mundo, dois terços das quais são limitadas por água e o restante estabelece os limites com 14 países. Possui a nona maior população do mundo, com 144,5 milhões de habitantes. Há algumas décadas, a Rússia foi uma grande importadora de alimentos, mas resolveu que era preciso virar o jogo e buscar a autossuficiência na produção agropecuária. No início de 2010, o governo russo divulgou um programa estatal para o desenvolvimento agrícola do país. Entre as iniciativas, está um plano voltado para a recuperação de terras agrícolas e outro para o desenvolvimento sustentável de áreas rurais. Como resultado dessa estratégia, em dezembro de 2020, o ministro da agricultura, Dmitry Patrushev, declarou que a safra de grãos ultrapassou 131 milhões de toneladas no ano, uma das maiores culturas de grãos já registradas no país. 

No ranking dos principais destinos das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos para a vertical agrícola, juntos Rússia e Ucrânia, ocupam a 7ª posição, ficando à frente da Colômbia e Uruguai, países que tradicionalmente são conhecidos pelo seu potencial agropecuário. 

Em 2019, os cinco principais produtos exportados do Brasil para a Rússia foram:

84335990 Outras máquinas e aparelhos para colheita
84244900 Outros pulverizadores, para a agricultura ou horticultura
84335100 Colheitadeiras combinadas com debulhadoras
84339090 Partes de outras máquinas e aparelhos para colheita, debulha, etc.
84244100 Pulverizadores portáteis, para agricultura ou horticultura

Totalizando 58,8% da pauta exportadora de máquinas e equipamentos do setor agropecuário para o país.

De acordo com a diretora executiva de mercado externo da ABIMAQ e gerente do Programa Brazil Machinery Solutions, Patrícia Gomes, “desde 2002 temos trabalhado para fortalecer a relação comercial Brasil-Rússia, nos últimos 18 anos, 27 compradores de máquinas e equipamentos da Eurásia e Leste Europeu participaram das Rodadas Internacionais de Negócios da Agrishow”   

Para que esta ação seja bem sucedida, será dedicada uma atenção especial para a seleção dos compradores, por isso a Rodada Internacional de Negócios contará com o apoio de uma consultoria especializada (matchmaker), que tem como objetivo entender o que cada empresa brasileira fabrica e assim identificar compradores internacionais de máquinas compatíveis com a oferta do Brasil. A ação conta também com o desenvolvimento de um site específico (https://www.brazil-onlineb2b.com/) para a promoção dos produtos brasileiros aos convidados, além de um anúncio em um site especializado do setor na Rússia. 

O Chefe de Operações do Escritório Eurásia localizado na Rússia, Almir Américo destaca: “O impressionante crescimento apresentado pela agricultura da Rússia, Ucrânia e outros países da Eurásia tem gerado oportunidades para fornecimentos estrangeiros de várias tecnologias e soluções para agricultura e pecuária. É uma oportunidade que precisa ser melhor aproveitada pelos fabricantes brasileiros de equipamentos, sobretudo no atual contexto cambial favorável ao Brasil em relação aos concorrentes mundiais. É com esse senso de oportunidade que as Rodadas vêm sendo organizadas. Ela reforçará um trabalho contínuo de promoção que Apex-Brasil e Abimaq vem realizando ao longo de mais de uma década junto a compradores da Eurásia”.

Sobre a Apex-Brasil – A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Mais informações http://www.apexbrasil.com.br.

Sobre a ABIMAQ – A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) foi fundada em 1945, com o objetivo de atuar em favor do fortalecimento da indústria nacional, mobilizando o setor, realizando ações junto às instâncias políticas e econômicas, estimulando o comércio e a cooperação internacionais e contribuindo para aprimorar seu desempenho em termos de tecnologia, capacitação de recursos humanos e modernização gerencial. Mais informações: http://www.abimaq.org.br.